Desilusão na América #2

by bruno

O jornal Publico tem hoje várias peças sobre o que foi o primeiro ano de Obama (pdf com tudo aqui) e o que espera que vai ser o segundo ano. O que não está no publico de hoje é que o lugar no senado de do estado de Massachusetts (onde eu vivo) deixou de ser democrata – como tem sido historicamente desde 72 – e passou a ser republicano. Isto não seria um problema se os democratas não precisassem de 60 votos no senado para realmente governarem: uma espécie de maioria absoluta em Portugal.

É por isso que a eleição de ontem à noite em Massachusetts deixou a América em estado de choque, a mesma América que colocou um presidente negro e com ideias diferentes no poder. A América hoje de manhã está profundamente desapontada com o meu estado pois deixámos (eu nem tanto, pois nem posso votar) substituir um lugar democrata no senado – o lugar do falecido Ted Kennedy no less – por um democrata que já prometeu ser mais anti-democrata do que qualquer outra coisa. Depois de Bush ter sido re-eleito, eu diria que esta é a maior desilusão na vida política americana da ultima década.

A importância que este simples e único lugar tem no senado surge do facto de serem precisos 60 votos no senado para ser possível não cair no jogo político dos fillibusters (ver link). Na practica isto quer dizer que Obama já não vai poder governar como queria, com as ideias que tem e gostaria de implementar. A maior revolução social que estaria para sempre associada a Obama – a saber, a reforma no sistema de saúde – já não deverá acontecer e isto é apenas o inicio. Os mais extremistas já dizem que Obama é a partir de hoje um lame duck.

Related posts:

  1. Q#1
  2. Jornais, media e quejandos (na america)
  3. Obama
  4. secretario-geral do PCP: comico nacional
  5. Casamento gay e quejandos